domingo, 13 de junho de 2010

Os alunos da professora Catarina Barradas conversaram um pouco com a professora bibliotecária sobre poesia. Deram a sua opinião. Disseram se gostavam ou não de poesia e explicaram porquê.
Seguidamente, foram convidados a ouvir alguns poemas, uns com rima outros sem ela, uns onde o(a) autor(a) brincava claramente com as palavras e até um texto, que apesar de escrito em prosa, se tratava também de um texto poético, pela sua beleza e  harmonia: O Brincador, de Álvaro Magalhães.
No final, foi-lhes lido o poema Limpa-palavras, também do autor Álvaro Magalhães, e foi pedido aos alunos que, a pares, escrevessem sobre as palavras que o autor enumerou mas não descreveu. 
O resultado foi este... Ora vejam se gostam!

A palavra barco anda pelo mar

A palavra ilha baloiça no mar

O palavra céu faz-me voar

A palavra flor tem pétalas

A palavra mar refresca-me nos dias de calor

A palavra frio põe-nos doentes se não tivermos cuidado

A palavra casa abriga-me

A palavra lua brilha no céu

A palavra nuvem é branca como a neve

A palavra ciúme faz-me ficar irritado

A palavra pão abre-me o apetite

A palavra amor põe-me o coração a bater

A palavra bosque cheira-me a natureza

A palavra palavra são mil e uma ideias.

Antes de terminar fez-se silêncio para ouvir poesia, desta vez declamada pelo inigualável João Villaret...

2 comentários:

Manuela Caeiro disse...

Os meninos da professora Catarina fizeram um lindo poema! Tenho a certeza que Álvaro Magalhães ficará feliz por motivar tantos meninos para a escrita... e que gostará de ler os poemas que ele próprio inspira...
Estou certa que esta sessão da professora Leonor foi muito produtiva e motivadora!

Margarida disse...

FANTÁSTICO!!!!!!!!

 
Copyright (c) 2010 palavras partilhadas. Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.